Mundo

Troika da SADC pede resposta contra terroristas

A Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC) condenou, nesta quinta-feira (8), através da Dupla Troika do órgão, os ataques terroristas perpetrados contra civis, principalmente mulheres e crianças em alguns distritos de Cabo Delgado, em Moçambique.

A Cimeira da Dupla Troika, realizada nesta quinta-feira, em Moçambique, defendeu uma resposta regional “na medida adequada”para parar com os “ataques hediondos” e orientou para que seja imediatamente enviada uma equipa técnica para Moçambique, que deve apresentar um relatório ao órgão de decisão.

O Presidente do Botswana, Mokgweetsi Masisi, defendeu “uma resposta colectiva” contra os “ataques terroristas” no Norte de Moçambique. “Os ataques terroristas no Norte de Moçambique são uma ameaça a toda a região da África Austral e, por isso, precisamos de uma resposta colectiva”, declarou Masisi, que preside ao Órgão de Política de Defesa e Segurança da organização.

 “Os ataques não são apenas contra a soberania e o povo de Moçambique são também contra a região e toda a humanidade, pelo seu carácter terrorista”, afirmou, no discurso inaugural, numa Cimeira que contou com as presenças dos Presidentes do Botswana , do Malawi, da África do Sul, do Zimbabwe, da Tanzania e o afitrião, Filipe Nyusi, que dirige a SADC. A secretária executiva da organização, Stergomena Lawrence Tax, também marcou presença. 

Texto: Jornal de Angola

Compartilhar

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Back to top button
Close