Desporto

Zeca e Maninho jogam últimas cartadas na corrida à presidência da FAND.

O aspirante da lista B José Amaral trabalha hoje na cidade de Benguela, onde pretende reforçar a ideia de andebolizar o país ao longo dos próximos quatro anos, Maninho fez um balanço positivo daquilo que foi a campanha eleitoral no dia ontem nas províncias do Moxico, Lunda Sul e Lunda Norte, localidades que no seu entender precisam de uma forte aposta na formação de treinadores e árbitros.

O balanço da nossa campanha eleitoral é positivo, nós estivemos a visitar o leste do país, durante o fim-de-semana, apresentamos as nossas linhas de forças, o nosso programa, e encontramos receptividade sentimos que a família do andebol precisa de formação, que é uma das linhas de forças fundamental do nosso programa e estamos acreditar que seremos efetivamente bem-sucedidos. “ Disse «José Amaral»

Fazem parte da lista B- Benedito Manuel (presidente da mesa da assembleia-geral), Nair Almeida, Domingos do Nascimento, Ana Paula da Silva e Óscar do Nascimento (vice-presidentes) e Adérito Cavala (secretário de direcção)

E José Venâncio candidato da lista também trabalha forte em Benguela, esta segunda feira Venâncio reuniu com alguns clubes da província, e realizou uma visita a associação local, e para esta tarde programado um encontro com praticantes e ex praticantes da modalidade no Lobito, e depois segue para a província do Moxico.   

Zeca Venâncio, tem como lema: “unir a família do andebol”, durante a corrida para o período de 2020/24. Ao longo da sua campanha, que também considera positiva o pré-candidato visitou clubes e associações nas províncias de Luanda e Cabinda. Zeca Venâncio que se destacou no dirigismo desportivo como presidente do Asa, conta com o apoio do antigo pivô da seleção nacional, Augusto Dinzeia.

A família do andebol vai conhecer o novo presidente da federação angolana de andebol, o substituto de Pedro Godinho no próximo dia 31 de outubro.  

Compartilhar

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Back to top button
Close