ActualidadeTecnologia

Google promete não usar dados de saúde dos utilizadores

A empresa tecnológica espera evitar uma investigação da União Europeia relacionada com a aquisição da empresa de ‘wearables’ Fitbit.

A Google quer evitar ser alvo de uma investigação da União Europeia a respeito da aquisição da empresa de ‘wearables’ Fitbit, garantindo que não utilizará dados de saúde dos utilizadores para apresentar anúncios.

“Esta aquisição é sobre dispositivos, não sobre dados. Apreciamos a oportunidade de trabalhar com a Comissão Europeia numa abordagem que salvaguarde as expetativas dos consumidores de que os dados obtidos pelos dispositivos da Fitbit não serão usados para anúncios”, pode ler-se no comunicado da tecnológica de Mountain View enviado à Reuters.

O facto de vários dispositivos da Fitbit serem capazes de obter dados dos utilizadores – como frequência cardíaca ou histórico de sono – levou a que a aquisição da Google fizesse soar alguns ‘alarmes’. Sobretudo porque grande parte da receita da Google é obtida por via de anunciantes, que fazem uso dos dados dos utilizadores.

Fonte: Noticias Ao Minuto

Compartilhar

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Back to top button
Close