Desporto

Pré-candidato ao cadeirão máximo da FAF acusa Artur Almeida e Silva de se enriquecer com os fundos da Federação

O antigo vice-presidente da Federação Angolana de Futebol Alberto Macaia, fez graves acusações ao presidente cessante da aludida federação, Artur Almeida e Silva.

Alberto Macaia, actualmente nas vestes de pré-candidato às eleições do órgão reitor da modalidade no país para o quadriênio 2020 – 2024, apois a realização da Assembleia Geral da FAF,
denunciou que o presidente que cessa as funções de mais alto mandatário da FAF, que se tem enriquecido com os fundos do futebol colocados à disposição da Federação.
Por conseguinte, o dirigente em abordagem, revelou que durante os 4 anos referentes ao mandato em que ocupara a pasta de vice-presidente, não recebeu nada com excepção, a um pagamento a contar para Janeiro à Fevereiro.

Macaia foi mais longe ao desafiar Artur Almeida e Silva, a desmenti-lo publicamente.

Sobre revelações Alberto Macaia não ficou por aí. Na mesma senda, afirmou que na FAF no mandato de Artur Almeida, nunca se discutiu relatório e contas na Federação. O dirigente reclama igualmente o facto de que enquanto vice-presidente, nunca ter recebudo antecipadamente o relatório e contas. O envio sempre foi feito nos mesmos moldes que as Associações, uma semana ou três dias antes da Assembleia Geral.
Recordo que as eleições na Federação angolana de futebol estão marcadas para o dia 14 de Novembro.

Compartilhar

Marcial Lencastre

Jornalista na empresa Golo FM, Editor desportivo, repórter e locutor. na empresa Rádio Nacional de Angola e Editor, Repórter e Locutor na empresa Rádio Viana Locutora, Repórter, Editora. (Grupo Rádio Nacional de Angola RNA) Anterior: TV Zimbo Estudou Communication Studies em Universidade Independente de Angola Frequentou de 2013 a 2000

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Back to top button
Close